quarta-feira, 10 de junho de 2009

E foram felizes para sempre pelas próximas 03 páginas!

Nunca sonhei c/ casamento: vestido, véu, grinalda, igreja. Nada disso.

Na verdade, nunca quis casar. Queria ter filhos, mas casar não.

Da primeira vez, fiquei doida! Me apaixonei enlouquecidamente pelo cara mais errado da cidade. Lindo, mentiroso, usuário, lindo, maloqueiro, lindo e lindo. Mas não queria casar.

Engravidei e casei. Vivi um inferno q durou 3 anos. Mas era cega por ele e até hj não sei se era amor ou burrice. Apanhei muito (literalmente), sustentei, paguei dívidas e mais dívidas, confirmei mentiras e consegui me separar.

Foi muito triste e muito duro. Ainda o amava (?) mas usei a razão e d forma nenhuma iria criar minha filha num ambiente daqueles.

Depois da separação namorei bastante. Todos os tipos d homens: bons, maus, novos, velhos, d todas as profissões. Fui pedida em casamento por pelo menos uns 5 "ex" diferentes. Morei c/ um deles. Mas ainda sim não queria casar.

Depois d 8 anos voltei a estudar. Conheci o atual, comecei a namorar e 3 meses depois aconteceu um acidente na casa dele e fomos morar juntos. Mesmo sem q eu tivesse certeza d q estava fazendo a coisa certa. Mas sabia q se desse errado, era cada um p/ o seu lado e ponto.

5 meses depois, engravidei e surtei. Deprimi, reprimi, vibrei, misturei todas as emoções.

E a crise começou.

Ele é adorável, lava, passa, cozinha, cuida das crianças, não bebe, não fuma, mas a verdade é q eu não tenho saco p/ o casamento. Não gosto d firulas, nem sou romântica. Não ligo p/ beijinhos e nem p/ charminhos. Gosto do companheirismo e ter alguém c/ quem contar e dividir. Não sou uma mulher d lacinhos, sou aquela q troca chuveiro sem desligar a chave geral, q troca pneu, encanamento, q resolve as coisas práticas.

Ainda gosto dele. Não daquela forma louca como o primeiro casamento, mas d uma forma madura e tranquila. Por mim, continuaria assim por muito tempo. Mas ele me cobra carinho, atenção, charminho...

E no final das contas, talvez o nosso "felizes p/ sempre" dure só algumas páginas da minha biografia....

1 comentários:

Cantinho da Ana Clara disse...

Que mulher mais decidida !
Parábens !
Existem poucas mulheres assim !

Beijo